Destaque 3Estilo de vida

Adoçante faz mal? Pesquisa aponta os prejuízos do produto para a saúde

Descubra os malefícios dos adoçantes e como substituí-los por opções mais saudáveis

Adoçante faz mal? Pesquisa aponta os prejuízos do produto para a saúde
Adoçante faz mal, Pesquisa aponta os prejuízos do produto para a saúde | Foto: Shutterstock

Adoçante faz mal, Pesquisa aponta os prejuízos do produto para a saúde.

Você com certeza já se questionou se adoçante faz mal, certo? Muitas pessoas se perguntam qual é a opção mais saudável para adoçar os alimentos e bebidas – e parece que agora finalmente temos uma resposta. Segundo estudos realizados por pesquisadores da Universidade do Sul da Austrália, os adoçantes artificiais podem trazer muitos malefícios à saúde. Confira!

>>Sucos com cenoura: Saiba como ter uma pele mais bonita no verão

Por que o adoçante faz mal?

A pesquisa revelou que principalmente as opções de baixa caloria aumentam as chances do desenvolvimento de diabetes tipo 2, além do ganho de peso. A explicação? Com a ingestão de uma maior quantidade de alimentos light ou diet, a tendência é que os indivíduos sintam a necessidade de comer ainda mais do que se estivessem consumindo alimentos comuns; resultando no aumento do consumo de calorias diárias.

Além disso, os estudos também mostraram que os adoçantes podem alterar a microbiota intestinal, facilitando ainda mais o ganho de peso. Com o consumo desse produto, muitas pessoas também acreditam que podem ingerir maiores quantidades de açúcar em outros alimentos, já que escolheram uma opção “saudável” em um primeiro momento… Levando ao desenvolvimento do diabetes.

>>Alimentação nos dias quentes: O que deve ou não fazer parte do cardápio

Quais tipos fazem mal à saúde?

De acordo com a pesquisa, qualquer um de baixa caloria, o que representa a maioria das opções encontradas no Brasil (ciclamato, sacarina, acessulfame-K e aspartame).

É melhor do que açúcar?

O ideal mesmo é saber moderar. Tanto o adoçante quanto o açúcar fazem mal em excesso. Por isso, é importante evitar alimentos que possuem altas quantidades, como os processados e industrializados, por exemplo. O cuidado na escolha deve ter uma atenção maior para pessoas diabéticas, alérgicas ou que possuem algum tipo de restrição alimentar.

>>Banana emagrece? Saiba como a fruta pode te ajudar a perder peso

Como consumir menos adoçantes e açúcar?

Assim como toda mudança na alimentação, essa transição também não é fácil. Uma boa dica é ir reduzindo progressivamente o consumo, para que o paladar se acostume aos poucos, e não se torne uma experiência desagradável a ponto de te fazer desistir.

>>Café ajuda a emagrecer? Conheça os benefícios da bebida para a saúde

Que tal começar colocando algumas gotas a menos de adoçante no seu café? Ou até mesmo consumir frutas no lugar de doces após as refeições? Elas possuem frutose, que é um açúcar natural, e ainda contêm uma série de outros nutrientes positivos para o corpo. Mel, açúcar de coco e melado de cana também são opções mais saudáveis para substituir o adoçante na dieta moderadamente. Aproveite!

Fonte: Alto Astral

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo