Destaque 3Dicas

Confira 10 dicas para usar o PIX na Black Friday

O maior festival de descontos do ano ocorre no mês de novembro

Confira 10 dicas para usar o PIX na Black Friday
Lorena Amaro

Confira 10 dicas para usar o PIX na Black Friday.

Na última sexta-feira do mês de novembro, mais precisamente no dia 27, ocorre a Black Friday 2020 .  Neste ano, a data que inaugura a temporada de compras natalícias, oferecendo diversas promoções, contará com uma novidade.

Trata-se do PIX , o ecossistema de pagamentos instantâneos do Banco Central , que será lançado oficialmente em 16 de novembro.

Agora, os compradores da Black Friday poderão contar com uma ferramenta que permite pagamentos instantâneos, gratuitos, 24 horas por dia e todos os dias do ano.  Mas para os lojistas , o PIX também oferece alguns benefícios.

O portal Estado de Minas elaborou uma matéria em que dá 10 dicas para usar o PIX na Black Friday. Confira abaixo:

1 – Cadastre sua chave PIX

A primeira dica é cadastrar a chave PIX caso ainda não tenha feito isso. Este passo é importante pois, apesar de não ser obrigatório para usar o PIX, facilita muito as transações.

O cadastro deve ser feito diretamente pelo aplicativo ou site da instituição financeira. A chave pode ser CPF/CNPJ, e-mail, telefone ou uma chave aleatória.

2- Pagamentos mais rápidos

Com o PIX, as transações ocorrem em segundos. Com isso, será possível economizar tempo com o novo meio de pagamento e usar esse tempo para pesquisar preços, por exemplo.

3 – Transações ilimitadas

Diferentemente de TED e DOC , o PIX não tem um limite de valor para as transações. Ou seja, o usuário pode fazer quantos pagamentos quiser na Black Friday.

4 – Redução de taxas para lojistas

Outra novidade do PIX é a redução de taxas para os lojistas. Atualmente, os lojistas precisam pagar taxas que variam de 2% a 4,5% ao usar as maquininhas .

Mas com o PIX essa taxa é única, ou seja, o varejista paga R$ 0,01 a cada 10 transações com o PIX.

>>Desbloqueio de BPC poderá ser feito por atendimento remoto

5 – Entregas mais rápidas

Outra vantagem do PIX, principalmente em relação ao boleto bancário, é a instantaneidade da aprovação do pagamento.

Assim, não é preciso esperar o “boleto compensar”. Com o PIX, o pagamento cai na hora e seu pedido é despachado mais rapidamente.

6 – Menos desistência

O índice de desistência das compras é um dos aspectos que os varejistas acreditam que será reduzido com o PIX.

>>Eleições 2020: último dia para pedir 2ª via do título de eleitor

Isso porque, como o pagamento é facilitado via link ou QR Code , o comprador tem menos tempo para desistir da compra por impaciência ou burocracia.

7 – Menos filas

A expectativa é que, com o PIX, o tempo que o cliente espera na fila seja menor, já que o pagamento é mais prático .

Assim, sobra tempo para outras coisas e ainda evita aglomerações em filas em tempos de pandemia.

8 – Cuidados com golpes

A oitava dica, mas não menos importante, é o cuidado com os golpistas. Para não correr riscos de cair em golpes de phishing, evite clicar em links que chegarem por e-mail, SMS, WhatsApp ou redes sociais, principalmente se desconhecer o remetente.

9 – Faça um planejamento para compras

Embora o uso do PIX seja praticamente ilimitado, especialistas recomendam que os usuários façam um planejamento financeiro para não gastar mais do que pode.

No contexto na Black Friday em que há diversas promoções, esse planejamento é ainda mais necessário.

>>Ações judiciais não devem afetar resultado de eleição nos EUA

10 – Não deixe de pesquisar os preços

Um dos aspectos negativo com o pagamento facilitado é a compra por impulso. Nesse sentido, vale sempre a pena pesquisar os preços antes de concluir uma compra.

Com muitas lojas digitais e plataformas de comparação de preço essa tarefa fica mais fácil.

Fonte: IG

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo