Carnaval 2022Destaque 3Mais LidasNotícias

Indefinição e cancelamentos marcam Carnaval 2022, 7 capitais não terão carnaval de rua

A dois meses da maior festa popular do Brasil, a maioria das capitais e das cidades que são destinos tradicionais no Carnaval ainda não definiu regras. Cantores cancelam shows e blocos suspendem participação na folia diante do aumento de casos da ômicron e das epidemias de gripe.

Indefinição e cancelamentos marcam Carnaval 2022, 7 capitais não terão carnaval de rua .

Ainda não será neste ano que o Carnaval, cuja festa que deve ocorrer de sexta, 25 de fevereiro, a 1º de março, será promovido aos moldes tradicionais. Pelo segundo ano consecutivo após a OMS declarar a pandemia da Covid-19, em 11 de março de 2020, muitos blocos de carnaval, desfiles e outros festejos estão sendo cancelados ou sem definição se irão ocorrer ou não.

Até o momento, os desfiles das escolas de samba do Rio e de São Paulo estão confirmados, mas a prefeitura do Rio cancelou o carnaval de rua nesta terça-feira (4). Somente quatro capitais (São Paulo, Rio, Maceió e Campo Grande) confirmaram a programação de Carnaval, que pode ser cancelada caso os índices de contaminação e mortes por Covid aumentem nos próximos dias.

Além disso, os próprios artistas e blocos estão cancelando sua programação. Em São Paulo, 28 blocos cancelaram a participação no carnaval de rua da capital em 2022, entre eles estão os das cantoras Daniela Mercury (Pipoca da Rainha) e Gloria Groove (Bloco das Gloriosas), a produtora de funk Kondzilla (Bloco do Kondzilla) e o ator e cantor Tiago Abravanel (Bloco do Abrava).

Na capital paulista, a autorização definitiva para a realização do carnaval de rua em 2022 está condicionada à liberação pela Coordenadoria de Vigilância em Saúde de São Paulo (Covisa).

Às vésperas do Natal, o governador da Bahia cancelou o carnaval no estado, e Salvador, um dos destinos mais tradicionais do país, não terá programação oficial.

Em Pernambuco, o tradicional bloco carnavalesco “Eu Acho é Pouco”, fundado há 44 anos, anunciou que não vai desfilar no carnaval deste ano. Pelo menos 70 cidades do estado cancelaram o carnaval.

No interior de outros estados, destinos tradicionais também estão cancelando a festa. Em 15 de dezembro, Ouro Preto (MG) oficializou cancelamento do carnaval e proíbiu eventos e festas em ruas, repúblicas e sítios. Os outros 29 municípios que fazem parte da Associação das Cidades Históricas de Minas Gerais também decidiram, por unanimidade, não promover o carnaval em 2022.

Em SP, São Luís do Paraitinga e outras cidades do estado também cancelaram a folia.

Carnaval de rua

 

Onde vai ter carnaval de rua:

  • Maceió: já está definido o calendário das prévias do carnaval de rua.
  • São Paulo: são 524 blocos de rua aprovados até o momento. No entanto, prefeitura pode decidir pelo cancelamento ou por novas regras para a realização do carnaval até 10 de janeiro.

 

Onde não vai ter carnaval de rua:

  • Campo Grandedecisão levou em conta a preocupação das autoridades de saúde com as novas variantes da Covid-19.
  • Cuiabáo prefeito Emanuel Pinheiro anunciou a decisão em 1° de dezembro. Entre os motivos estão os riscos da nova variante da Covid-19, a ômicron, além das pessoas que ainda não se vacinaram com nenhuma das doses
  • Curitibao prefeito Rafael Greca anunciou em 26 de dezembro que, pelo segundo ano seguido, a comemoração do Carnaval de 2022 vai acontecer em formato virtual.
  • FortalezaO prefeito José Sarto cancelou o edital de apoio às festas de carnaval em 30 de novembro. No mesmo dia, o governador do estado, Camilo Santana, também cancelou os editais.
  • Rio de JaneiroO prefeito Eduardo Paes anunciou em 4 de janeiro que a cidade não terá carnaval de rua pelo segundo ano consecutivo devido à pandemia. Até o dia do anúncio, a capital fluminense só alcançou 2 de 5 indicadores para a realização de um carnaval seguro.
  • Salvador: o governador Rui Costa anunciou a decisão em 23 de dezembro. Segundo ele, atraso na segunda dose da vacina contra a Covid-19 e epidemia de gripe tornam festa insegura.
  • Florianópolis: o prefeito, Gean Loureiro (DEM), afirmou que “a prefeitura não vai promover grandes eventos neste momento de incertezas sobre a pandemia e emergências públicas e privadas com muita pressão de atendimento”.

Onde não foi definido:

  • Aracaju
  • Brasília
  • Belo Horizonte
  • Goiânia
  • João Pessoa
  • Macapá
  • Manaus
  • Natal
  • Palmas: não costuma ter carnaval de rua
  • Recife
  • São Luís
  • Vitória

Desfiles de escola de samba

 

Antes da pandemia, já não havia desfiles de escolas de samba em Aracaju, Brasília, Goiânia, Maceió, Palmas e Teresina. Veja como será o carnaval onde costuma ocorrer desfiles:

Onde vai ter desfile de escola de samba:

  • Campo Grande
  • Rio de Janeiro
  • São Paulo

 

Onde não vai ter desfile de escola de samba:

  • Cuiabá
  • Fortaleza
  • Florianópolis

 

Onde não foi definido:

  • Belo Horizonte
  • João Pessoa
  • Macapá
  • Manaus
  • Natal
  • Recife
  • São Luís
  • Vitória

Fonte: G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo